150 valas comuns encontradas cheias de civis em Donbass

Pesquisadores russos relataram a descoberta de corpos civis em cerca de 150 valas comuns na região de Donbass, no leste da Ucrânia

561
Militares ucranianos em uma frente contra forças pró-russas perto de Novohnativka, região de Donetsk, Donbas, 20 de fevereiro de 2022. (Foto: AFP)

A informação foi divulgada no domingo pela embaixada russa na Venezuela, através do Twitter, acrescentando que Kiev enfrenta 7.500 queixas de vítimas de agressão ucraniana perante o Tribunal Europeu de Direitos Humanos.

A este respeito, na semana passada, o jornal alemão DW publicou um relatório preparado por investigadores russos que fala dos “assassinatos e ferimentos de milhares de civis e grupos de língua russa”, o que indica que é o “extermínio premeditado dos habitantes de Donbass”, onde estão localizadas as autoproclamadas repúblicas populares de Donesk e Luhansk.

- Publicidade Patrocinada -

O presidente russo Vladimir Putin anunciou na quinta-feira a ativação de uma operação militar especial de quatro dias em curso para proteger a população de língua russa em Donbass, que enfrentou genocídio nos últimos oito anos.

“Encontraram cerca de 150 valas comuns com civis enterrados nas repúblicas de #Donbass
Os corpos dos mortos mostram traços de ferimentos de bala. As vítimas da agressão ucraniana apresentaram 7.500 queixas contra Kiev ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos”

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui