Astronautas chineses chegam à estação espacial nacional

Três astronautas chineses entraram no módulo central da estação espacial permanente da China, onde permanecerão em missão três meses, tornando-se os primeiros ocupantes do módulo e pioneiros de um dos maiores empreendimentos espaciais do país.

212

O Major General Nie Haisheng, o Major General Liu Boming e o Coronel Sênior Tang Hongbo acederam ao módulo central, denominado Tianhe, ou Harmonia dos Céus, às 18h48 da quinta-feira, após sua espaçonave, Shenzhou 12 ter acoplado com o módulo a cerca de 390 quilômetros acima da Terra às 15:54.

Eles começaram a realizar suas tarefas dentro da nave, que é a primeira secção central da estação espacial da China, chamada de “Tiangong”.

A tripulação masculina, da Divisão de Astronautas do Exército de Libertação do Povo, foi lançada para órbita às 9h22, no Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, no deserto de Gobi, noroeste da China.

Após cerca de 10 minutos, a espaçonave de 8 toneladas métricas entrou em órbita para atracar com a estação.

O general Xu Qiliang, vice-presidente da Comissão Militar Central e o oficial de mais alta patente do exército chinês, juntamente com uma série de altos funcionários, assistiram ao lançamento da missão no centro de Jiuquan.

Os três astronautas têm a tarefa de testar e verificar planos, tecnologias e equipamentos para elementos cruciais da construção e operação da estação de Tiangong, como arranjos de missão de longo prazo dos astronautas, sistema de suporte de vida, reabastecimento em órbita, atividade extraveicular e manutenção da estação.

Durante a missão, os astronautas deverão realizar duas operações no exterior da estação, usando braços mecânicos para instalar equipamentos e verificar a condição externa da estação.

Seu trabalho permitirá que a China acumule novas experiências no espaço e verifique a capacidade, desempenho e compatibilidade dos sistemas envolvidos no programa da estação espacial, visando preparar para as próximas etapas de sua construção, de acordo com Ji Qiming, diretor assistente da agência.

Os astronautas foram lançados para órbita por um foguete 5B Longa Marcha, a partir do Centro de Lançamentos Espaciais de Wenchang, na província de Hainan, em 29 de abril.

Tianhe, a maior e mais pesada espaçonave construída pela China, tem 16,6 metros de comprimento e 4,2 metros de diâmetro. O peso da nave, de 22,5 toneladas, é igual ao peso combinado de 15 automóveis de tamanho padrão. Tem três partes - uma seção de conexão , uma seção de suporte e controle de vida e uma secção de recursos.

O módulo é fundamental para a construção e operação da estação Tiangong, uma vez que nela residirão astronautas que serão responsáveis pelo controle de toda a estação e também será utilizado para hospedar experimentos científicos e tecnológicos.

A nave está agora conectada com o navio de carga robótico Tianzhou 2, que foi lançado por um foguete Longa Marcha 7 a partir das instalações de Wenchang, em 29 de maio. As duas embarcações atracaram uma com a outra no dia seguinte.

Atualmente, o Tianzhou 2 contém materiais de missão para a tripulação usar, bem como propelentes que serão usados para reabastecer o módulo central.

Com base nos planos do projeto, o navio de carga Tianzhou 3 será lançado em setembro para atracar com a estação Tianhe e, em outubro, outra equipe de três tripulantes voará a bordo da nave Shenzhou 13 para uma estadia de seis meses.

Em 2022, dois grandes laboratórios espaciais serão lançados para se conectarem com o módulo central. Além disso, duas missões tripuladas e dois voos de carga robótica serão realizados para continuar a construção da estação de Tiangong, cuja conclusão está programada para operação formal no final de 2022.

Um dos empreendimentos espaciais mais aventureiros da China, Tiangong consistirá de três componentes principais - um módulo central conectado a dois laboratórios espaciais - com um peso combinado de quase 70 toneladas métricas. A estação deverá funcionar por cerca de 15 anos.

Após sua conclusão, a nave Tiangong será operada regularmente por grupos de três astronautas em períodos de vários meses. Durante a transferência para novos grupos de três astronautas, a estação acomodará até seis astronautas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui