Campeão paralímpico, Luiz Cláudio Pereira morre aos 60 anos

Quinto maior medalhista do Brasil em Paralimpíadas falece em Medellín, onde chefiava equipe brasileira de rugby em cadeira de rodas no Campeonato das Américas

169
Divulgação/rugbiabrc

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) lamentou a morte de Luiz Cláudio Pereira, dono de seis medalhas de ouro em Paralimpíadas. O ex-atleta de 60 anos era presidente da Associação Brasileira de Rugby em Cadeira de Rodas (ABRC) e chefiava a missão da equipe verde-amarela no Campeonato das Américas, em Medellín, quando veio a óbito. A causa da morte não foi divulgada na nota de pesar do CPB.

– Dia muito triste para o esporte brasileiro, um ídolo que se vai, um amigo que perdemos. Sua contribuição para a causa da pessoa com deficiência nunca será esquecida por nós. Muito obrigado por tudo, descanse em paz – lamentou Mizael Conrado, presidente do CPB.

- Publicidade Patrocinada -

Luiz Cláudio ficou paraplégico aos 16 anos, quando sofreu um acidente durante uma luta de judô. Ele disputou as provas de arremesso de peso, lançamento de dardo e de disco, além do pentatlo nos Jogos Paralímpicos de Stoke Mandeville 1984, Seul 1988 e Barcelona 1992. Com nove medalhas paralímpicas – seis de ouro -, é o quinto maior medalhista do Brasil.

Luiz Cláudio também foi vice-presidente do CPB entre 2009 e 2013.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui