Chanceler chinês conversa com secretário de Estado dos EUA sobre Ucrânia e questão nuclear Coreana

181

O conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, conversou nesta terça-feira por telefone com o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, a pedido deste, sobre a situação da Ucrânia e a questão nuclear da Península Coreana.

Blinken informou Wang sobre as opiniões e a posição dos EUA em relação à situação atual na Ucrânia.

- Publicidade Patrocinada -

Wang disse que a China está preocupada com a evolução da questão e que sua posição sobre o assunto tem sido consistente.

As preocupações legítimas de segurança de qualquer país devem ser respeitadas e os propósitos e princípios da Carta da ONU devem ser mantidos, acrescentou Wang, atribuindo o problema ao atraso na implementação efetiva do novo acordo de Minsk.

Wang apontou que o lado chinês continuará mantendo contatos com todas as partes de acordo com os acertos e erros da própria questão.

Observando que a situação na Ucrânia está piorando, Wang salientou que a China pediu mais uma vez a todas as partes que exerçam a moderação, reconheçam a importância de implementar o princípio da segurança indivisível e acalmem a situação e resolvam as diferenças por meio de diálogo e negociação.

Blinken também atualizou Wang sobre as últimas relações entre os Estados Unidos e a República Popular Democrática da Coreia (RPDC).

Wang ressaltou que o problema entre os Estados Unidos e a RPDC está no centro da questão nuclear da Península Coreana, observando que o lado norte-americano deve dar importância às preocupações legítimas e razoáveis da RPDC e tomar medidas substanciais.

A China defende conversas diretas entre os Estados Unidos e a RPDC e, como sempre, desempenhará um papel construtivo na promoção da resolução da questão nuclear da Península Coreana.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui