Chanceler chinês pede à ONU que mantenha a justiça e pratique o multilateralismo

92

O conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, reuniu-se na quinta-feira (25) com Abdulla Shahid, presidente da 76ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU) e ministro das Relações Exteriores das Maldivas.

Wang disse que a ONU deve ajudar a manter a equidade e a justiça, ao invés de desempenhar um papel de observadora de hegemonismo e intimidação. A ONU deve ser uma plataforma de multilateralismo, em vez de um campo de batalha para jogos de grandes potências. A ONU deve agir para responder aos desafios.

Por sua vez, Shahid parabenizou a China pelo 50º aniversário da restauração de seu assento legal na ONU, acrescentando que esta sessão da AGNU está pronta para melhorar a coordenação com a China para manter conjuntamente a equidade e a justiça, praticar o multilateralismo, responder aos desafios globais, e ajudar a proteger a autoridade e credibilidade da ONU.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui