China e Rússia vão expandir contratos em moedas nacionais, diz diplomata

346
- 广告 Publicidade -

A Rússia e a China vão aumentar o número de transações nas respectivas moedas nacionais, os novos contratos já estão sendo realizados nessas moedas, afirmou o embaixador russo em Pequim, Andrei Denisov.

De acordo com o diplomata, a participação das moedas nacionais nos contratos entre os dois países é de 20 a 25%, e está crescendo.

- Publicidade Patrocinada -

“Os novos contratos já estão sendo celebrados em moedas nacionais, mas os antigos, onde a moeda é o dólar americano, ou, quanto ao gás natural, o euro, estão sendo mantidos”, observou.

Além disso, ele afirmou que a tendência é de os contratos em moedas nacionais aumentarem gradualmente.

Anteriormente, Putin destacou que só na base de cooperação honesta e de benefício mútuo é possível encontrar saída para a situação de crise que se observa na economia mundial “devido às ações mal pensadas e egoístas de determinados Estados”.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui