China garante que responderá com ‘medidas resolutas e contundentes’ caso Pelosi visite Taiwan

A possibilidade de uma visita da presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos a Taiwan foi citada por diferentes mídias taiwanesas.

244
© Getty Images

Em declaração divulgada nesta quinta-feira (7) pelo Global Times, o Ministério das Relações Exteriores da China afirmou que Pequim vai responder a uma suposta visita de Nancy Pelosi a Taiwan com “medidas resolutas e contundentes”.

“[A visita de Pelosi] traria sérios danos aos fundamentos das relações China-EUA e enviaria mensagens erradas aos secessionistas de Taiwan. A China se opõe firmemente […] e vai responder com medidas resolutas e contundentes, com todas as consequências resultantes sendo responsabilidade exclusiva dos EUA”, afirmou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian.

- Publicidade Patrocinada -

A suposta visita de Nancy Pelosi foi citada no canal de televisão japonês Fuji News Network e na mídia taiwanesa, nesta quinta-feira (7). No entanto, Taipé e os representantes de Pelosi não confirmaram a visita. A presidente da Câmara está no continente asiático em viagem ao Japão.

Também nesta quinta-feira (7), o porta-voz do Ministério da Defesa da China, Tan Kefei, disse que “Taiwan é uma parte inalienável do território da China, a questão de Taiwan diz respeito aos interesses fundamentais da China e não será tolerada nenhuma interferência externa”. A declaração foi em resposta ao anúncio da possível venda de mísseis Patriot dos EUA para Taiwan.

“[O governo da China tomará] medidas efetivas para suprimir resolutamente qualquer forma de interferência externa e tentativas de forças separatistas de alcançar a independência de Taiwan e protegerá inabalavelmente a soberania nacional e a integridade territorial”, afirmou Kefei.

Taiwan é um território autogovernado e, nos anos 1970, a ONU passou a reconhecer a República Popular da China como a única representante legítima da China. Pequim declara que é apenas uma questão de tempo até que Taipé se reunifique com a China continental e que se trata de uma questão interna do país.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui