China pede a EUA que cessem trocas oficiais com Taiwan, diz porta-voz

Porta-voz do MRE da China pede aos EUA que cumpram rigorosamente o princípio de Uma Só China e os três comunicados conjuntos China-EUA.

422
- 广告 Publicidade -

Zhao Lijian, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, pediu nesta terça-feira aos Estados Unidos que cumpram rigorosamente o princípio de Uma Só China e os três comunicados conjuntos China-EUA, e cessem qualquer forma de trocas oficiais com Taiwan.

O porta-voz fez as observações em uma coletiva de imprensa regular ao comentar sobre a chamada Iniciativa EUA-Taiwan sobre o Comércio do Século XXI.

- Publicidade Patrocinada -

“A China se opõe firmemente a todas as formas de interação oficial com a região de Taiwan por países que tenham laços diplomáticos com a China, incluindo negociar ou concluir acordos com implicações de soberania e de natureza oficial. Essa posição é consistente e clara”, observou Zhao.

Há apenas uma China no mundo, disse Zhao, e Taiwan é uma parte inalienável do território chinês. O governo da República Popular da China é o único governo legal representando toda a China, acrescentou.

O porta-voz ressaltou que os Estados Unidos devem respeitar o princípio de Uma Só China e as estipulações dos três comunicados conjuntos China-EUA, suspender todas as formas de interação oficial com Taiwan, parar de negociar acordos com implicações de soberania e de natureza oficial, além de abster-se de enviar quaisquer sinais errados para as forças separatistas da “independência de Taiwan”.

“Também gostaríamos de deixar claro às autoridades do Partido Progressista Democrata de Taiwan que precisam desistir imediatamente da ideia de que poderiam buscar a independência com o apoio dos EUA, porque quanto mais ambiciosos forem, mais amargo será o seu fracasso”, acrescentou.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui