China pede aos países do BRICS que firmem consenso diante dos desafios globais

315
- 广告 Publicidade -

Enfrentando novos desafios globais, os países do BRICS devem estar alinhados com a tendência mundial, construir consensos, fortalecer a confiança e fazer esforços para enfrentar as mudanças mundiais, disse o conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, na quinta-feira.

Wang proferiu tais observações ao presidir uma reunião dos ministros das Relações Exteriores do BRICS por videoconferência.

- Publicidade Patrocinada -

Observando que a reunião de ministros das Relações Exteriores do BRICS é uma plataforma importante na cooperação política e de segurança do BRICS, Wang disse que os países do BRICS devem buscar conjuntamente a segurança comum, trabalhar pelo desenvolvimento coletivo, esforçar-se para construir uma firewall para a saúde humana e defender uma filosofia de governança global de ampla consulta, contribuição coletiva e benefícios compartilhados.

Wang enfatizou que todas as partes devem reforçar a comunicação e coordenação estratégicas e a confiança política mútua.

Todas as partes devem buscar a força por meio da unidade e demonstrar ainda mais abertura e inclusão, acrescentou.

A ministra de Relações Internacionais e Cooperação da África do Sul, Naledi Pandor, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos França, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, e o ministro das Relações Exteriores da índia, Subrahmanyam Jaishankar, participaram na reunião.

Os participantes elogiaram o trabalho ativo e eficaz da China na sua presidência rotativa do BRICS, concordaram em aprofundar a parceria estratégica no âmbito do BRICS, aumentar a influência do bloco nos assuntos internacionais e salvaguardar os interesses comuns dos mercados emergentes e países em desenvolvimento.

Os ministros das Relações Exteriores apreciam o papel ativo da China no combate à pandemia e no enfrentamento das mudanças climáticas globais, estando dispostos a estreitar a cooperação em vários campos.

Todas as partes concordaram em implementar plenamente a Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustentável, beneficiar as populações dos países em desenvolvimento e promover a construção de uma comunidade de futuro compartilhado para a humanidade.

Os ministros das Relações Exteriores apoiaram o avanço do processo de expansão do BRICS e indicaram que mais discussões seriam realizadas sobre esta questão. Foram ainda trocadas impressões sobre questões relacionadas com a Ucrânia e o Afeganistão.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui