China pede respeito à escolha independente do povo venezuelano

183

A China apela a todas as partes para que respeitem o sistema e as práticas democráticas da Venezuela, respeitem a escolha independente de seu povo e desempenhem um papel construtivo na solução política da questão da Venezuela, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês na terça-feira (23).

O porta-voz Zhao Lijian fez os comentários ao responder a uma pergunta sobre os comentários do Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, sobre as eleições locais na Venezuela.

Segundo relatos, as eleições locais foram realizadas na Venezuela no domingo (21). O Conselho Eleitoral Nacional da Venezuela anunciou que 99,2% dos votos foram contados, mostrando que os candidatos no partido no poder conquistaram o governo em 18 dos 24 estados.

Zhao afirmou que o lado chinês tem acompanhado a situação na Venezuela e observou que o processo eleitoral ocorreu de forma estável e ordenada.

Zhao afirmou que é assunto completamente interno da Venezuela  e que o governo e o povo conduzam as eleições locais de acordo com sua Constituição e lei. “Isso não deve estar sujeito a acusações desenfreadas e interferências grosseiras de forças externas”.

A China sempre aderiu ao princípio de não ingerência nos assuntos internos de outros países, disse Zhao, acrescentando que “acreditamos que o governo e o povo venezuelano são capazes de lidar adequadamente com seus assuntos internos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui