China refuta acusação de vazamento da COVID-19 de laboratório de Wuhan

A primeira identificação da sequência do gene da COVID-19 por cientistas chineses não significa que Wuhan seja a fonte do vírus, nem pode ser inferido que o vírus foi fabricado por cientistas chineses, afirmou Zhao Lijian, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês nesta quinta-feira.

190

O porta-voz fez os comentários em uma coletiva de imprensa, denunciando a politização da questão do rastreamento de origem da COVID-19.

“Se alguém que publicou genomas virais de alta qualidade pode ser acusado de produzir o vírus, então o professor Luc Montagnier, o primeiro a descobrir o vírus da imunodeficiência humana (HIV), deveria ter sido considerado o culpado pela AIDS em vez de receber o Prêmio Nobel e O Sr. Louis Pasteur, que descobriu os micróbios, deveria ser responsável pelas bactérias causadoras de doenças em todo o mundo”, disse Zhao.

A OMS divulgou em março o relatório de estudo do rastreamento de origem da missão conjunta China-OMS, tirando uma conclusão clara de que o vazamento do laboratório é extremamente improvável, disse Zhao, acrescentando que o relatório, elaborado em conjunto por mais de 30 especialistas globais de alto nível em vários campos, é amplamente representativo e altamente profissional.

Lamentavelmente, alguns nos Estados Unidos optaram por ignorar o relatório e têm promovido a “teoria de vazamento de laboratório” e politizado a questão do rastreamento da origem, disse. “Isso constitui uma afronta ao estudo de rastreamento da origem liderado pela OMS, uma séria ridicularização dos cientistas e do espírito da ciência, além de um grande prejuízo à solidariedade da comunidade internacional na luta contra a epidemia”.

Se os Estados Unidos forem realmente transparentes e responsáveis, devem ser tão abertos quanto a China e imediatamente convidar especialistas estrangeiros ao Fort Detrick e outros lugares nos Estados Unidos para conduzir uma investigação detalhada, complementou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui