Empresas europeias aumentam investimento na China com recuperação da pandemia

Pesquisa da Câmara do Comércio Europeia mostrou expansão das operações no país asiático

150

As empresas europeias têm registrado uma margem de investimento maior na China do que no restante dos mercados, após sua rápida recuperação da pandemia de Covid-19 no ano passado, de acordo com uma matéria da Bloomberg.

A proporção de empresas europeias que planejam expandir as operações na China em 2021 saltou de 51% no ano passado para quase 60%, informou o veículo na terça-feira, citando uma pesquisa da Câmara de Comércio Europeia.

Cerca de metade dos 585 entrevistados relataram margens de lucro mais altas na China do que a média global. Além disso, 73% dos entrevistados relataram lucro no ano passado, com outros 14% atingindo o ponto de equilíbrio. Os números ficaram quase no mesmo nível dos anos anteriores, apesar da interrupção da pandemia, refletindo a rápida recuperação da economia chinesa, observou a Bloomberg.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui