EUA e Japão conduzem exercícios com porta-aviões nuclear no mar do Japão, escreve mídia

Forças navais conjuntas dos EUA e do Japão estão tentando conter a Coreia do Norte com manobras militares envolvendo o porta-aviões nuclear USS Abraham Lincoln, segundo a agência japonesa Kyodo

227

O porta-aviões USS Abraham Lincoln (CVN-72) dos EUA está conduzindo no mar do Japão (também conhecido como mar do Leste) exercícios conjuntos com a Força Marítima de Autodefesa do Japão para conter a Coreia do Norte, relatou na quarta-feira (13) a agência japonesa Kyodo.

USS Abraham Lincoln (CVN-72), USS Mobile Bay (CG-53), USS Spruance (DDG-111), destróier de mísseis guiados JS Kongo (DDG-173) da classe Kongo, da JMSDF [Força Marítima de Autodefesa do Japão, na sigla em inglês], e o destróier JS Inazuma (DD-105) da classe Murasame, da JMSDF, navegam em formação durante um exercício bilateral EUA-Japão.

Segundo a Kyodo, o navio de guerra passou junto das águas coreanas, pelo estreito de Tsushima. Os destróieres japoneses Kongou e Inazuma também teriam sido avistados na região.

- Publicidade Patrocinada -

A decisão de conduzir exercícios foi feita na sexta-feira (8), em meio a temores de novos lançamentos de mísseis pela Coreia do Norte em antecipação do 110º aniversário de Kim Il-sung, o líder fundador do país e avô do líder atual, Kim Jong-un.

Em março Washington conduziu exercícios de treinamento com o USS Abraham Lincoln a oeste da península da Coreia, no mar Amarelo.

Trata-se da primeira vez desde 2017 que um porta-aviões movido a energia nuclear é avistado no mar do Japão. Na época, Pyongyang conduziu testes atômicos e lançou um míssil balístico intercontinental.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui