Forças Armadas da Venezuela elevam nível de alerta em meio a confrontos violentos na Colômbia

Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (FANB) da Venezuela elevaram o seu nível de alerta devido a incidentes de violência registrados no departamento fronteiriço colombiano de Arauca, no nordeste do país, informou o ministro da Defesa venezuelano Vladimir Padrino López.

107

Autoridades colombianas confirmaram em 3 de janeiro que os confrontos ocorridos no fim de semana em Arauca entre as dissidências das FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) e membros do ELN (Exército de Libertação Nacional) resultaram em 23 mortos.

“As FANB, que já se encontram implantadas nos municípios fronteiriços com o departamento de Arauca, elevaram seu nível de alerta ante os acontecimentos do outro lado da fronteira para proteger o povo e responder contundentemente perante qualquer agressão à nossa soberania”, indicou Padrino López.

Ministro da Defesa venezuelano criticou o governo do presidente da Colômbia Iván Duque para que este assuma a responsabilidade pela violência nesse departamento colombiano.

Duque anunciou o envio de dois batalhões do Exército para a região, maior “capacidade de inteligência e supervisão de helicópteros e aerotransportada para garantir o controle territorial”.

Líder colombiano acusou o governo de Nicolás Maduro de abrigar grupos armados, o que, segundo ele, causou esses confrontos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui