Importação de minério de ferro pela China tem mínima de 13 meses

As importações de minério de ferro pela China recuaram para o menor patamar em 13 meses em junho, diante de uma redução nos embarques, e analistas esperam que a demanda possa seguir diminuindo no segundo semestre.

179

A maior consumidora global de minério de ferro importou 89,42 milhões de toneladas do material no mês passado, queda de 0,4% ante maio, mostraram dados da Administração Geral de Alfândegas nesta terça-feira. Em comparação com junho do ano anterior, as importações de minério de ferro recuaram 12,1%.

No acumulado do primeiro semestre de 2021, porém, a China recebeu 560,7 milhões de toneladas do ingrediente, alta de 2,6% em relação a igual período do ano passado, de acordo com os dados alfandegários.

A produção robusta de aço e os fortes lucros das usinas deram impulso à demanda chinesa por minério de ferro no primeiro semestre do ano, também elevando os preços da matéria-prima a máximas recordes.

Entre janeiro e junho, o valor do minério de ferro importado disparou 71,7% em bases anuais.

No entanto, como a China se comprometeu a controlar sua produção anual de aço para ajudar em metas de redução de emissões, analistas esperam que o consumo de minério de ferro perca força.

“À medida que entramos na segunda metade do ano, todos os olhos estarão voltados para a extensão em que a demanda chinesa recua e a oferta brasileira aumenta”, disse Rohan Kendall, head de pesquisas de minério de ferro da Wood Mackenzie, antes da divulgação dos dados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui