Kassab confirma Pacheco como opção do PSD a presidente: ‘deixará DEM’

O presidente do PSD, Gilberto Kassab, disse em entrevista hoje ao UOL News que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), é o nome preferido da sigla para concorrer à Presidência da República em 2022.

216

Porém, o político afirmou que ainda aguarda a desfiliação de Pacheco do DEM.

Ex-prefeito de São Paulo, Kassab confirmou que foi enviado o convite para que Pacheco seja o representante do PSD. “Foi formulado o convite para que ele seja o nosso candidato a presidente. Ele ainda não respondeu, mas entendo que ele vai se desfilar e será o nosso candidato”, afirma o líder do PSD.

Uma das alegações do ex-prefeito de São Paulo é justamente para que não haja uma polarização entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (sem partido), que são os dois primeiros colocados na última pesquisa Datafolha, divulgada na semana passada.

Kassab fez elogios ao desempenho de Pacheco como político e ressaltou que o passado dele mostra que é um bom candidato para o cargo.

O PSD ainda tenta a filiação de Geraldo Alckmin, ex-governador de São Paulo, para ter um nome forte ao governo do estado em 2022. Na avaliação de Kassab, a chegada do tucano deixaria o partido com mais força para 2022. Ele destacou que a sigla já tem nomes fortes em outros estados como Ratinho Júnior (governador do Paraná), Alexandre Kalil (prefeito de Belo Horizonte) e Otto Alencar (senador pela Bahia).

“Estamos avançando bastante para construir esse projeto dentro do partido”, avaliou Kassab, que acredita ter a melhor estrutura no momento para pleitear uma candidatura pelos partidos de centro. “Nós entendemos que o partido que mais se preparou para este projeto é o PSD”, disse, ao ser questionado sobre a tentativa de Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde, de lançar sua candidatura pelo DEM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui