Laboratórios biológicos financiados pelos EUA na Ucrânia pesquisam sobre transmissão de patógenos mortais, diz Rússia

148

O Ministério da Defesa russo afirmou na quinta-feira (10) que laboratórios biológicos financiados pelos EUA na Ucrânia trabalharam no estabelecimento de um mecanismo “para a transmissão secreta de patógenos mortais”.

Especialistas das tropas russas de proteção nuclear, biológica e química encontraram evidências de que os biomateriais levados na Ucrânia foram transferidos para países estrangeiros, conforme instruções dos Estados Unidos, disse o ministério.

- Publicidade Patrocinada -

Um projeto dos EUA, realizado na Ucrânia, estudou a transferência de patógenos “por aves selvagens que migram entre a Ucrânia e a Rússia e outros países vizinhos”, afirmou o ministério russo.

“De acordo com os documentos, o lado dos EUA planeja organizar o trabalho sobre patógenos de pássaros, morcegos e répteis na Ucrânia em 2022”, disse o ministério russo, acrescentando que os Estados Unidos estão estudando como podem transferir ainda mais a peste suína africana (PSA) e o antraz.

Experimentos com amostras de coronavírus encontrados em morcegos também foram realizados em laboratórios biológicos criados e financiados na Ucrânia, acrescentou.

O ministério disse que mostrará outro conjunto de documentos recebidos de funcionários ucranianos dos laboratórios biológicos e apresentará os resultados da avaliação em um futuro próximo.

Na terça-feira, a subsecretária de Estado para Assuntos Políticos dos EUA, Victoria Nuland, testemunhou perante uma audiência do Comitê de Relações Exteriores do Senado sobre a Ucrânia, admitindo que “a Ucrânia tem instalações de pesquisa biológica”.

“Estamos trabalhando com os ucranianos em como eles podem impedir que qualquer um desses materiais de pesquisa caia nas mãos das forças russas caso se aproximem”, disse ela.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui