Lula diz que Brasil precisa respeitar a China

'É lá que vendemos mais. O dia em que o chinês parar de comprar, vamos ter dificuldade', afirmou Lula, em crítica indireta à política externa bolsonarista

354

O ex-presidente Lula (PT), em entrevista nesta quinta-feira (3) à Rede RDR do Paraná, afirmou que o Brasil precisa respeitar a China, pricipal parceiro comercial do país.

Contrastando com os ataques do governo Jair Bolsonaro (PL), desde seu início, ao país asiático – que diminuíram desde a saída de Ernesto Araújo do Ministério das Relações Exteriores – o petista ressaltou a importância dos chineses para a economia brasileira. 

- Publicidade Patrocinada -

“Eu sei o esforço que nós fizemos para que nós pudéssemos ocupar o mercado chinês, e hoje eu fico feliz em saber que a China é o maior consumidor dos produtos agrícolas brasileiros. É para lá que nós vendemos mais e é por isso que nós temos que tratar os chineses com respeito, porque no dia em que o chinês parar de comprar, a gente vai ter dificuldade”, declarou.

“A agricultura para o Brasil, seja a pequena, média ou grande, tem um valor inestimável para o desenvolvimento do Brasil e nós vamos cuidar disso com muito carinho”, finalizou.

Em reunião com o ex-presidente Lula, o agronegócio já manifestou insatisfação com a postura do governo Bolsonaro em relação à China.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui