Manex Silva se despede de Beijing 2022 na largada em massa

Primeiro esquiador cross-country do Brasil a disputar todas as provas individuais dos Jogos Olímpicos de Inverno, jovem de 19 anos encara distância de 50km.

145

A participação do Brasil no esqui cross-country em Beijing 2022 termina neste sábado, 19 de fevereiro, com Manex Silva na largada em massa masculina de 50km. É o evento mais longo do programa Olímpico do esporte, em que a maioria dos atletas compete contra seus próprios limites.

Como ainda disputa muitos torneios juvenis, Manex não está acostumado a disputar provas tão longas. Porém, há uma experiência que o atleta de 19 anos pode usar para motivá-lo. Na etapa de Engadin, Suíça, da Copa do Mundo, em março de 2021, o brasileiro completou uma prova de perseguição de 50km em duas horas e 47 minutos.

- Publicidade Patrocinada -

Porém, na largada em massa dos Jogos Olímpicos, levar uma volta dos líderes retira automaticamente o esquiador da prova. Foi o que aconteceu com Manex em Pequim no esquiatlo de 30km. “Meu objetivo é largar e aguentar o quanto puder”, afirmou o brasileiro.

Ainda por cima, a pista de cross-country de Beijing 2022 é especialmente desafiadora. “Sempre que tem Copa do Mundo e Mundial, as pistas são duras, mas aqui é outro nível. Tem muitas subidas e simplesmente não dá tempo de recuperar nas descidas”, comentou Manex, que prefere as provas de sprint. Em Pequim, ele bateu o recorde brasileiro de pontos FIS, 161.58, justamente na prova mais curta de velocidade.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui