Ministro da Defesa da China alerta EUA que Taiwan é “linha vermelha intransponível”

Declaração ocorreu em reunião entre os responsáveis pela Defesa dos dois países, durante cúpula da Associação das Nações do Sudeste Asiático, no Camboja

441
Os ministros da Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, e da China, Wei Fenghe, em reunião no Camboja (Li Xiaowei / Xinhua)
- 广告 Publicidade -

A reunião entre os ministros da Defesa da China e dos Estados Unidos foi o principal evento da cúpula de representantes dessa pasta organizada pela Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), no Camboja, nesta terça-feira (22/11).

Durante o encontro, a principal declaração foi do ministro da Defesa chinês, Wei Fenghe, que fez um alerta ao colega norte-americano, Lloyd Austin, sobre a soberania do seu país sobre a ilha de Taiwan.

- Publicidade Patrocinada -

Wei enfatizou que a política de “uma só China” é uma das mais importantes para o seu governo, e que a questão de Taiwan é uma “linha vermelha intransponível”. Também afirou que Pequim responderá aos Estados Unidos diante de ações de ingerência na região.que disse a seu homólogo americano que Taiwan é “uma linha vermelha intransponível”.

As autoridades chinesas enfatizaram que as relações com os Estados Unidos não podem ser feitas à custa da soberania.

Apesar do alerta, o ministro chinês também disse que as relações sino-americanas “são de grande importância para a China, mas é preciso lembrar que essa relação não ocorre à custa da soberania e dos interesses chineses, e Washington deve respeitar as questões não negociáveis de Pequim”.

Wei lembrou o recente encontro entre os presidentes Xi Jinping e Joe Biden e destacou que o diálogo é o caminho para direcionar o desenvolvimento das relações bilaterais.

Por sua vez, Austin destacou a necessidade de “diálogo substancial para reduzir o risco estratégico, melhorar a crise das comunicações e melhorar a segurança operacional”.

Contudo, o ministro da Defesa estadounidense pediu a Pequim que se abstenha de supostas “ações desestabilizadoras” contra o governo taiwanês.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui