Mourão diz que Queiroga deve ter saído do Brasil já infectado pelo coronavírus

Anvisa recomendou quarentena a comitiva que foi aos EUA; vice-presidente falou sobre respeito aos protocolos sanitários

165

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), disse nesta terça-feira, 22, que acredita que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já estava infectado pelo coronavírus antes de viajar para os Estados Unidos. “Já deve ter saído daqui com Covid. Pelo que a gente conhece, em termos de contaminação, leva de cinco a sete dias”, afirmou Mourão em conversa com jornalistas no Palácio do Planalto. “Ele estava há 2 dias nos Estados Unidos. Não foi exigido, eu acho, o PCR. Não lembro agora se foi exigido o PCR para os vacinados. Não tenho essa noção, essa informação. Acredito que ele já saiu daqui carregando a contaminação”, completou.

De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom), os outros membros da comitiva fizeram o exame e testaram negativo. Queiroga deve cumprir o isolamento de 14 dias em Nova York. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou à Casa Civil as pessoas que tiveram contato com o ministro, incluindo o presidente Jair Bolsonaro, também façam o isolamento de 14 dias no Brasil. O governo, no entanto, ainda não se manifestou sobre a orientação. “É aguardar e seguir os protocolos sanitários aí. Porque embarcar em avião, se a pessoa estiver contaminada, é um vetor muito grande”, afirmou Mourão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui