Oferta de eletricidade da China volta ao normal, diz State Grid

173
Equipamento da State Grid no Tibet, China.

A State Grid Corporation of China disse no domingo que a oferta e a demanda de eletricidade nas áreas operadas pela empresa voltaram ao normal.

O estoque de carvão térmico na área operacional da empresa se recuperou para 99,32 milhões de toneladas, enquanto os dias disponíveis de consumo subiram para 20, segundo a empresa.

A escala da restrição de energia e o déficit de eletricidade foram significativamente reduzidos, disse a empresa, acrescentando que, até o sábado, o fornecimento de eletricidade para algumas fábricas com alto consumo de energia e alta poluição em certas províncias ainda estava sendo limitado.

A rede enfrentará um “equilíbrio geral apertado de energia com lacunas em certas áreas” neste inverno e na próxima primavera, enquanto o país enfrenta um pico de consumo de energia e a estação de seca para hidrelétricas.

A State Grid aumentará e estabilizará o fornecimento de energia, aproveitando o potencial de todos os tipos de recursos, enquanto acompanha de perto o fornecimento de carvão térmico e de gás, e coordena a transmissão de energia em diferentes regiões, a fim de garantir a segurança da rede, disse Meng Haijun, porta-voz da State Grid.

A empresa se esforçará para garantir o fornecimento de energia para residências, serviços públicos e clientes importantes, disse Meng.

A State Grid também implementará a reforma dos preços da eletricidade através da incorporação todos os tipos da energia a carvão no mercado de eletricidade de forma ordenada e ampliará a faixa flutuante dos preços de transação de eletricidade com base no mercado, de acordo com Meng.

A State Grid é a maior empresa de serviços públicos do mundo e ficou no segundo lugar na Fortune Global 500 em 2021. A empresa fornece energia para uma população de mais de 1,1 bilhão, com sua área de serviço cobrindo 88% do território chinês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui