OMS relata a ocorrência da transmissão entre humano do vírus da varíola dos macacos

As informações disponíveis sugerem que a transmissão entre humano está ocorrendo entre pessoas que tiveram contato físico próximo com casos sintomáticos.

389
Imagem microscópica de uma partícula do vírus da varíola dos macacos, em 2003. Arquivo do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA.
- 广告 Publicidade -

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que desde 13 de maio, 12 países ao redor do mundo onde o vírus da varíola não é endêmica relataram 92 casos confirmados e 28 casos suspeitos, segundo site das Nações Unidas no domingo (22). As informações disponíveis sugerem que a transmissão entre humano está ocorrendo entre pessoas que tiveram contato físico próximo com casos sintomáticos.

Os dados mostram que esses casos confirmados e suspeitos ocorreram principalmente no Reino Unido, Espanha e Portugal, com o restante distribuído na Austrália, Bélgica, Canadá, França, Alemanha, Itália, Holanda, Suécia e Estados Unidos. Até agora, nenhuma morte relacionada foi relatada.

- Publicidade Patrocinada -

A OMS espera que, à medida que a vigilância é reforçada, mais casos possam ser detectados no futuro tanto nos países onde os casos foram relatados como nos demais países.

A varíola dos macaco é uma doença zoonótica viral rara (um vírus transmitido de animais para humanos) com sintomas semelhantes aos observados no passado em pacientes com varíola, mas com menor gravidade clínica, segundo o site das Nações Unidas. 

Com a erradicação da varíola em 1980 e a subsequente interrupção da vacinação contra a varíola, a varíola dos macacos tornou-se um vírus mais resistente. Antes do surto atual, os casos de varíola dos macacos estavam espalhados nas florestas tropicais da África central e ocidental. 

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui