Rússia e China avançarão para ordem mundial multipolar e justa, diz chanceler russo

Sergei Lavrov se encontrou com o chanceler chinês e disse que os dois países têm "o mesmo pensamento para uma ordem mundial multipolar, justa e democrática"

184

O chanceler russo Sergei Lavrov afirmou, durante o encontro com Wang Yi, ministro das Relações Exteriores chinês, que, em meio à atual fase na história das relações internacionais, a Rússia e a China se moverão para uma ordem mundial multipolar e mais justa.

“Estamos passando por uma fase muito séria das relações internacionais. Estou convencido de que, no final desta fase, a situação internacional será esclarecida substancialmente e vamos avançar com vocês, juntamente com outros com o mesmo pensamento, para uma ordem mundial multipolar, justa e democrática”, disse Lavrov.

- Publicidade Patrocinada -

Tanto o chanceler russo como o ministro chinês observaram que Moscou e Pequim, no atual ambiente global desafiante, continuam reforçando a parceria estratégica e expressando uma posição comum.

“Acordamos continuar a aumentar a coordenação na política externa, expandindo a cooperação na via bilateral e em vários formatos multilaterais”, lê-se em comunicado divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

Por sua vez, Wang Wenbin, o representante oficial da chancelaria chinesa, elogiou a atual cooperação entre Rússia e China.

“A cooperação entre a Rússia e China não tem limites, nossa luta pela paz não tem limites, nosso desejo de manter a segurança não tem limites, nossa oposição ao hegemonismo não tem limites”, disse o diplomata.

Wang Wenbin salientou que as relações bilaterais entre Moscou e Pequim não são dirigidas contra países terceiros.

- Publicidade Patrocinada -

留言 DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui