Steve Bannon se entrega à polícia dos Estados Unidos

Assessor do ex-presidente Donald Trump, Bannon foi indiciado por não colaborar com investigação sobre invasão do Capitólio

156

Steve Bannon, assessor do ex-presidente Donald Trump, dos Estados Unidos, se entregou ao FBI nesta segunda-feira 15. Bannon foi indiciado na sexta-feira 12 por não ter colaborado com a investigação que apura a invasão ao Capitólio. A informação sobre a prisão do assessor é do site G1.

O pedido de indiciamento ocorreu após a negativa de Bannon em depor no Congresso dos EUA em outubro deste ano. O ex-assessor, de 67 anos, também foi processado por se negar a apresentar documentos à comissão especial da Câmara dos Representantes, que investiga o papel de Trump no ataque de seus apoiadores à sede do Congresso.

Bannon foi um dos principais articuladores da vitoriosa campanha presidencial do candidato republicano em 2016, antes de cair em desgraça. Ele não exercia funções oficiais em 6 de janeiro quando o Capitólio foi invadido, mas aparentemente discutiu o protesto com o presidente nos dias anteriores, de acordo com a comissão de inquérito que apura o caso.

“Estamos derrubando o regime de Biden, eu quero que vocês fiquem focados, isso é só ruído”, disse Bannon ao se entregar, conforme registrou o site. Ele deve ser ouvido por um juiz ainda nesta segunda-feira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui