Volta de Lula seria menos traumática do que reeleição de Bolsonaro, diz FHC

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) disse, em entrevista ao jornal Correio Braziliense, que uma eventual volta de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à presidência da República seria 'menos traumática' do que a reeleição de Jair Bolsonaro (sem partido).

174

FHC reforçou que trabalha para que uma candidatura do PSDB se viabilize, mas que uma vitória de Lula seria melhor para o Brasil do que a de Bolsonaro caso a polarização persista até 2022.

“No momento, eu penso que a [reeleição] de Lula é menos traumática para o Brasil, de forma direta. Isso não quer dizer que eu não queira uma via pelo PSDB. Claro que eu desejo. Mas uma coisa é você desejar e trabalhar neste sentido, e outra coisa é analisar a realidade. Assim, por ora, entre Lula e Bolsonaro, acredito que o Lula seja melhor”, disse.

Na última semana, FHC declarou apoio à pré-candidatura de João Doria (PSDB), atual governador de São Paulo. Para o ex-presidente, é importante o partido se afirmar nas eleições de 2022.

“Se depender de mim, é importante ter candidatura própria, é assim que os partidos se afirmam. Tem que ter uma liderança que afirme um sentimento que bata no coração das pessoas”, disse.

FHC ainda manteve sua posição contrária a um processo de impeachment, com a ressalva de que ele pode se tornar inevitável dependendo da postura do presidente.

Eu preferia que não houvesse [impeachment]. É preferível que ele fique na presidência e perca no voto. Eu já participei de impeachments, é um processo traumático. Às vezes, você é levado à um impeachment pela ação da pessoa. Se o presidente Bolsonaro perceber que ele não deve transgredir certas regras, talvez seja melhor para o Brasil”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui