Zhou Guanyu nomeado primeiro piloto chinês de F1

234

O jovem piloto Zhou Guanyu fez história no automobilismo após ser nomeado o primeiro piloto de Fórmula 1 da China.

A Alfa Romeo Racing ORLEN anunciou na terça-feira (16) que o jovem de 22 anos se juntará à equipe na temporada de 2022, com a corrida de abertura marcada para o circuito de Sakhir, em Bahrein, em 20 de março.

O companheiro de Zhou na Alfa Romeo será o veterano finlandês Valtteri Bottas, de 32 anos, que atualmente dirige pela Mercedes-AMG Petronas ao lado do sete vezes campeão mundial de F1, o britânico Lewis Hamilton.

“Tornar-me um piloto de F1 é meu sonho e estou muito animado por finalmente realizá-lo. Quero agradecer a todos os meus fãs que têm acompanhado minhas corridas e me apoiado”, disse Zhou em uma entrevista.

Com 142 pontos, Zhou atualmente está em segundo lugar no campeonato de F2 ao dirigir pela equipe UNI-Virtuosi. Ele começou sua terceira campanha na F2 este ano, vencendo a corrida especial no circuito de Sakhir, no Bahrein, em março. Dois meses depois, Zhou continuou em boa forma com um triunfo na corrida de velocidade no icônico circuito de rua de Mônaco.

Zhou corre na F2 desde 2019, quando um encorajador sétimo lugar em sua temporada de estreia sugeriu que ele era um talento a ser observado. Sua reputação continuou a crescer em 2020, com seis pódios e uma vitória na Rússia, rumo ao sexto lugar na classificação geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui