Prefeito de NY cita Bolsonaro e diz: ‘Se não querem se vacinar, nem venham’

O prefeito de Nova York, Bill De Blasio, cobrou hoje os líderes mundiais que participarão da 76ª Assembleia-Geral da ONU (Organização das Nações Unidas) para que se vacinem contra a covid-19, dizendo que quem se recusa a fazê-lo não deveria nem ir ao evento. A declaração foi um recado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) — citado nominalmente por De Blasio —, que até hoje não foi vacinado.

175

“Precisamos mandar uma mensagem a todos os líderes mundiais, especialmente Bolsonaro, do Brasil, de que se você pretende vir aqui, você precisa ser vacinado. E se você não quer se vacinado, nem venha, porque todos devem estar seguros juntos. Isso significa que todo mundo deve estar vacinado”, alertou De Blasio em entrevista coletiva.

Bolsonaro é o único dos 19 chefes de Estado do G20 — grupo das maiores economias do mundo, mais a União Europeia — que declarou não ter sido imunizado contra a covid-19, segundo levantamento da BBC.

O presidente brasileiro chegou ontem à tarde a Nova York, acompanhado da primeira-dama Michelle Bolsonaro e de um dos seus filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), além dos ministros Gilson Machado (Turismo), Marcelo Queiroga (Saúde) e Augusto Heleno (Secretaria-Geral), entre outras autoridades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui